Workshop À Descoberta do Teatro com João Rosa

Dias 26, 27, 28 e 29 Dezembro 2017

Quer experimentar teatro?
Quer experimentar teatro de uma forma intensiva?
Teatro num fim-de-semana?
Há anos que adia uma inscrição numa atividade teatral?

Venha descobrir o teatro! Venha descobrir-se!

A oportunidade de descobrir o seu “eu”, expandindo corpo, espírito e mente. Num ambiente lúdico, mágico, partilhando experiências criadas no momento com o coletivo, vai poder descobrir que somos espectadores e atores. Descobrindo o teatro o ser descobre-se humano. O teatro é a arte de nos vermos, a arte de nos vermos, vendo!

Programa:
Expressão corporal;
Autoconhecimento;
Estímulo de todos sentidos;
Incentivo à criação;
Perceção do “eu” e da autoestima;
Métodos que auxiliam a interpretação e representação de emoções.

Metodologia:
Essencialmente prática (física), variando em momentos teóricos e reflexivos.

Faixa etária:
A partir dos 17 anos.

Caracterização do público-alvo:
Qualquer pessoa que sinta vontade de fazer algo diferente, de sair da rotina, viver uma nova aventura e ter consciência do seu ser, do que somos e daquilo que queremos.

Local de formação:
Casa do Artista, Estrada da Pontinha nº7. 1600-582 Lisboa.

Datas:
De 26 a 29 de Dezembro 2017.

Horário:
20h:00 às 23h:00.


Formador:

João Rosa é actor e encenador. Autor da mais recente encenação “Mundo Distante” com Texto de Nuno Costa Santos e interpretação de Eduardo Frazão e Manuel Coelho (gentilmente cedido pelo TNDM II) em Novembro de 2017, ainda no mesmo ano (Março) criou o espectáculo “Afogada na tua vergonha” baseado em Sarah Kane e Roberto Corte com Catarina Gonçalves e Eduardo Frazão, ambos os espectáculos estreados na Comuna Teatro de Pesquisa. Autor e intérprete do espetáculo-Palestra-Performance “Eu tenho Voz” (2016) estreado no Auditório Camões. “A Vida é Sonho”, texto de Pedro Calderón de La Barca (2014) na Comuna Teatro de Pesquisa. No final de 2013 criou “Galgar com tudo por cima de tudo” inspirado em textos de Fernando Pessoa e Álvaro de Campos também na Comuna Teatro de Pesquisa e em 2015 no Teatro da Trindade. “Ode Marítima” de Álvaro de Campos no Auditório Camões em 2012 e 2013. “O crime de Aldeia Velha” de Bernardo Santareno no Palácio da Independência em 2011. “A casa de Bernarda Alba” de Federico Garcia Lorca, também no Palácio da Independência em 2010. “O café” de Carlo Goldoni no Cine-teatro A Barraca em 2009 e a peça “Antes de começar” de Almada Negreiros (2005). “E Sexo?! Não se fala de Sexo?” baseado no livro de Isabel Stilwell no Teatro da Trindade-sala Estúdio (2005). Em 2006 criou a peça “Desassossego” uma comédia sobre as relações amorosas no Auditório do IPJ Parque das Nações, esteve em cena em 12 cidades. Entre 2001 e 2005 dirigiu o Fórum Cultural onde produziu e criou peças de cariz experimental e enquanto ator e encenador, desenvolveu performances e espetáculos. No Teatro Nacional São Carlos, como ator, participou na Opera Salomé, Siegfried conjunto da tetralogia de Wagner temporada 2008/2009, Die Walkure de Richard Waguer e Maria de Buenos Aires opereta de Astor Piazzolla temporada 2006/07. Como formador desenvolve vários workshops, oficinas de teatro e cursos de formação de atores na Oficinas Teatro Lisboa. Tem realizado paralelamente várias ações de voz para empresas como: Grupo Intimissimi e Calzedonia, Fujitsu, TeamView, Ministério da Defesa Nacional, Grupo Jerónimo Martins, Socremo (Moçambique), Colégios Maristas (Brasil), Serviços Sociais Administração Pública e Vantagem + Consultores Formação Lda.

Nº de horas:
12h.

Preço do workshop:
Preço: € 85,00

Inscrição:
Para efectuar inscrição envie um email para:  geral@oficinasteatrolisboa.com

 

Anúncios

Workshop de voz e dicção

31 de Julho, 1 e 2 de Agosto de 2017

A utilização correcta do aparelho vocal é fundamental, devemos utilizá-lo sabiamente, contudo nem sempre sabemos como fazê-lo na prática. A voz é entendida como reflexo da nossa personalidade, esta transporta ideias e emoções que pretendemos comunicar com nitidez, de modo a que o nosso ouvinte/auditório a entenda com clareza.
O profissional que tem a voz como ferramenta de trabalho deve saber utilizá-la e conhece-la para poder lidar com os problemas que a envolvem, sabendo fazê-lo a voz tornar-se-à um instrumento que poderá trabalhar a seu favor.
A má utilização do aparelho vocal provoca danos aos quais não prestamos a devida importância, tais como, desgaste físico e psicológico, estes condicionam, e muito, a forma como se apresenta o nosso discurso.
Objectivos:
Experimentar diferentes sonoridades a partir da ressonância corporal.
Aprender os ritmos e as articulações vocais.
Localizar a projecção da voz no espaço e as velocidades.
Desenvolver a capacidade de rentabilizar a voz.

SONY DSC

Público-alvo:
Consultores, advogados, professores, vendedores e outros profissionais que utilizem a voz na sua actividade profissional.
Nº de horas: 9
Horário:
Das 20h:00 às 23h:00
Local: Instalações Oficinas Teatro Lisboa (Lisboa)
Formador: João Rosa Certificado nº EDF 42426/2004 DL
Preço: € 75,00
Solicite  ficha de inscrição através do email: geral@oficinasteatrolisboa.co

Workshop de Voz e Dicção

26, 27 e 28 de Maio de 2017

A utilização correcta do aparelho vocal é fundamental, devemos utilizá-lo sabiamente, contudo nem sempre sabemos como fazê-lo na prática. A voz é entendida como reflexo da nossa personalidade, esta transporta ideias e emoções que pretendemos comunicar com nitidez, de modo a que o nosso ouvinte/auditório a entenda com clareza.
O profissional que tem a voz como ferramenta de trabalho deve saber utilizá-la e conhece-la para poder lidar com os problemas que a envolvem, sabendo fazê-lo a voz tornar-se-à um instrumento que poderá trabalhar a seu favor.
A má utilização do aparelho vocal provoca danos aos quais não prestamos a devida importância, tais como, desgaste físico e psicológico, estes condicionam, e muito, a forma como se apresenta o nosso discurso. 
Objectivos:
Experimentar diferentes sonoridades a partir da ressonância corporal.
Aprender os ritmos e as articulações vocais.
Localizar a projecção da voz no espaço e as velocidades.
Desenvolver a capacidade de rentabilizar a voz.

SONY DSC

 

Público-alvo:
Consultores, advogados, professores, vendedores e outros profissionais que utilizem a voz na sua actividade profissional.
Nº de horas: 9
Horário:
Dia 26 (sexta-feira) 20h:00 às 23h:00;
dia 27 (sábado) 14:30 às 17:30;
dia 28 (domingo) das 14:30 às 17:30.
Local: Instalações Oficinas Teatro Lisboa (Lisboa)
Formador: João Rosa Certificado nº EDF 42426/2004 DL
Preço: € 75,00
Solicite  ficha de inscrição através do email: geral@oficinasteatrolisboa.com

Novos Workshops Abril e Maio

WORKSHOP À Descoberta do Teatro com Eduardo Frazão

Dias 29 e 30 de Abril 2017

Quer experimentar teatro?
Quer experimentar teatro de uma forma intensiva?
Teatro num fim-de-semana?
Há anos que adia uma inscrição numa atividade teatral?

Venha descobrir o teatro! Venha descobrir-se!

WORKSHOP LEITURAS ENCENADAS COM O ATOR MANUEL COELHO

Neste Workshop vamos explorar as potencialidades da voz e da leitura em voz alta. A partir de um género literário escolhido pelo formador, inicia-se o processo de reavivar o prazer pela leitura e superar a barreira entre ler para nós e ler para os outros.

A partir da leitura expressiva vamos dar voz e corpo às palavras escritas e perceber a força das palavras ditas e interpretadas.
Palavra na boca, palavra na cabeça e melhorar a escuta.
As Palavras precisam de corpo e os livros precisam de vida.

http://www.oficinasteatrolisboa.com

 

Workshop de Voz e Dicção

Dias: 5, 6, 7 de Abril 2017
A utilização correcta do aparelho vocal é fundamental, devemos utilizá-losabiamente, contudo nem sempre sabemos como fazê-lo na prática.
Cada vez mais a voz é entendida como reflexo da nossa personalidade, estatransporta ideias e emoções que pretendemos comunicar com nitidez, de modo a que o nosso ouvinte/auditório a entenda com clareza.
O profissional que tem a voz como ferramenta de trabalho deve saber utilizá-la e conhece-la para poder lidar com os problemas que a envolvem, sabendo fazê-lo a voz tornar-se-à um instrumento que poderá trabalhar a seu favor.
A má utilização do aparelho vocal provoca danos aos quais não prestamos adevida importância, tais como, desgaste físico e psicológico, estes condicionam, e muito, a forma como se apresenta o nosso discurso. 

Objectivos:
Experimentar diferentes sonoridades a partir da ressonância corporal.
Aprender os ritmos e as articulações vocais.
Localizar a projecção da voz no espaço e as velocidades.
Desenvolver a capacidade de rentabilizar a voz.

SONY DSC

Público-alvo:
Consultores, advogados, professores, vendedores e outros profissionais que utilizem a voz na sua actividade profissional.

Nº de horas: 9

Horário:  20h:00 às 23h:00.

Local: Casa do Artista 

Formador: João Rosa

Preço:
€ 75,00

Solicite  ficha de inscrição através do e-mail: geral@oficinasteatrolisboa.com

http://www.oficinasteatrolisboa.com

AFOGADA NA TUA VERGONHA

Estreia dia 3 de Março “Afogada na tua vergonha” na Comuna Teatro de Pesquisa

Cartaz_Afogada na tua vergonha.jpg

Sinopse:
Chegou o momento de conter a respiração e submergir numa espiral de tensão interior de duas mentes distorcidas que se confrontam num universo obsessivo, criando um frenético exercício esquizofrénico. Duas personagens dilacerantes vivem um jogo esquisofrenicamente perverso. São dois seres afogados na vergonha de uma sociedade formatada, sem valores e com valores acrescidos numa economia de consumo, do culto da beleza, dos bens e da aparência. Através deste dissonante acontecimento propomos uma metáfora para refletir, quem somos, o que sentimos, o que nos fazem sentir, a incompreensão e conceito de vida, a luta pela razão, os sentimentos, os conflitos, a depressão, tu, eu… quem é que tem a culpa?

Dramaturgia e versão cénica
João Rosa

Com
Catarina Gonçalves
Eduardo Frazão

Performer (estagiário)
António Palma

Produção
Oficinas Teatro Lisboa

Imagem-de-Evento.jpg

Preço do bilhete:10€

De quarta a sábado 21:30 e domingos 16:30
Classificação etária: M/16

INFORMAÇÕES E RESERVAS: geral@oficinasteatrolisboa.com | Telm:­ +351 934 512 418 

 

WORKSHOP LEITURAS ENCENADAS COM O ATOR MANUEL COELHO

WORKSHOP LEITURAS ENCENADAS COM O ATOR MANUEL COELHO

manuel-coelho-in-malaposta

Neste Workshop vamos explorar as potencialidades da voz e da leitura em voz alta. A partir de um género literário escolhido pelo formador, inicia-se o processo de reavivar o prazer pela leitura e superar a barreira entre ler para nós e ler para os outros.

A partir da leitura expressiva vamos dar voz e corpo às palavras escritas e perceber a força das palavras ditas e interpretadas.
Palavra na boca, palavra na cabeça e melhorar a escuta.
As Palavras precisam de corpo e os livros precisam de vida.

Publico alvo:
Estudantes de representação, curiosos, apaixonados pela leitura, simples aventureiros.

Dias:
4, 11, 18, 25 Fev. (sábados) 2017

Horários:
Das 10h:00 às 13h:00.

Programa:
As sessões iniciam-se com um ligeiro aquecimento vocal, de forma a que no seguimento da sessão se possa usar a voz em qualidade e forma mais livre;
A importância da voz e sua articulação;
Estudo das personagens e suas intensões;
Trabalha-se a palavra, adquirindo voz, corpo e dinâmicas espaciais.

Metodologia:
Essencialmente prática.

Total de horas:
12H.

Preço da ação:
100,00€

Formador:
Manuel Coelho
Estreou-se em 1970, aos 16 anos, no Grupo de Teatro de Campolide, hoje Companhia de Teatro de Almada, com direção de Joaquim Benite. Licenciado em Direito, frequentou o Conservatório Nacional, Escola Superior de Teatro. Foi cofundador do Grupo de Teatro Proposta com direção de Fernando Gusmão e do Teatro Popular de Almada. Desde 1978 que faz parte do elenco do Teatro Nacional D. Maria II, onde durante várias temporadas exerceu o cargo de Diretor de Cena. Foi Assessor de Direção e Consultor Técnico na fase de recuperação do Teatro Nacional São João.
No Teatro Nacional D. Maria II encenou e fez a dramaturgia de “Reis Coxos” de Prista Monteiro, “Asfalto dos Infernos” de A. Dacosta, “Hiroshima, meu Amor” de Margeritte Duras, “O Poder de Górgone” de Peter Shaffer, “Conversas Secretas” de Donald Margulies, e “Três Mulheres Altas” de Edward Albee. Foi professor de Interpretação e Produção na Universidade Moderna e no Instituto de Artes do Espetáculos. Foi Diretor Artístico do Centro Dramático de Viana- Teatro Noroeste. Foi Diretor Artístico do Centro Cultural Malaposta de Dezembro de 2005 a Dezembro de 2015.

Para informações:
geral@oficinasteatrolisboa.com
https://oficinasteatrolisboa.com/workshop-leituras-encenadas/

Oficina da Voz

Oficina da Voz

11 a 27 de Janeiro de 2017

Sente-se angustiado, nervoso quando tem de falar em público?
Já sentiu a voz embargada em determinadas situações?
Sente que a sua dicção descredibiliza a sua performance?

Estas poderão ser algumas das muitas questões com as quais se interroga.
A Oficinas Teatro Lisboa tem uma solução, a Oficina da Voz.
SONY DSC

Em que é que consiste a Oficina da Voz?
A consciencialização e várias especificidades da voz são o ponto de partida na procura do conforto vocal, emocional e físico. O conforto e audácia na exposição corporal irá permitir uma maior liberdade no modo de controlar a voz. Imprimir intenções, emoções e entoações são aqui palavras chave importantes durante o processo de trabalho.

Programa:
Relaxamento e respiração;
Valorização da palavra e sua articulação;
Postura corporal e suas condicionantes;
Voz projetada para grandes espaços;
Voz projetada para espaços mais pequenos;
Postura e projeção da voz com recursos a amplificação;
Uso de intenções, emoções e entoações na voz gravada.

Formador:
João Rosa (ator e encenador)
DSC08019.JPG

Modelo formativo criado por João Rosa Certificado nº EDF 42426/2004 DL

Metodologia:
Trabalho essencialmente prático partindo conscientemente do erro até à sua melhoria. Este processo desenvolver-se-á em vários estágios:

Contacto e aceitação da voz e as suas limitações;
Diagnóstico das fragilidades físicas e emocionais com a exposição
Exercícios gravados em áudio e vídeo para análise e correção;
Experimentação de dinâmicas com conteúdos específicos adequados a cada participante.

Horários:
18h:30/20h:00 às terças-feiras
19h:30/22h:30 às quartas, quintas e sextas-feiras.

Dias da semana:
terças, quartas quintas e sextas-feiras

Total de horas:
30H.

Número de participantes:
10

Público alvo:
Consultores, advogados, professores, vendedores, jornalistas, estudantes de comunicação e outros profissionais que utilizem a voz na sua atividade profissional.

Preço da ação:
165,00€

Datas:
11, 12, 13, 17, 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27 de Janeiro 2017

Local de Formação:
Casa do Artista

Para informações ou inscrições:
geral@oficinasteatrolisboa.com
Tel: +351 934 512 418Oficina
http://www.oficinasteatrolisboa.com

 

Workshop Teatro II À descoberta da verdade

Público alvo:
Qualquer pessoa que sinta vontade de fazer algo diferente, de sair da rotina e viver uma aventura. Este Workshop é também dirigido a todos os que pretendem conhecer melhor o seu eu e corpo enquanto veículo de comunicação.

Programa:
Relaxamento e desinibição;
Postura corporal e suas condicionantes;
Procura da verdade nos movimentos;
Uso de intenções físicas e emocionais.

Metodologia:
Trabalho essencialmente prático.

Horários:
Das 10h:00 às 13h:00

Dias da semana:
26, 27, 28 e 29 Dezembro 2016, de segunda a quinta-feira.

Total de horas:
12H.

Mais informações: https://oficinasteatrolisboa.com/workshop-teatro-a-descoberta-da-verdade/